Reiki Todos os Artigos Edgar Martins

As origens do Reiki

mikao-usui1

Mikao Usui nasceu em Yamagata, na província de Gifu, no Japão em 15 de agosto de 1865 e faleceu em 09 de outubro de 1926, em Fukuyama. O Reiki surgiu em 1919.

     Até 1850, o Japão estava fechado para o mundo ocidental, pois até então, o Japão era uma sociedade fechada. Isto fez com que os EUA forçassem o Japão a abrir seus portos e sua economia ao resto do mundo. Esta abertura, trouxe uma torrente de idéias novas e tradições de todo o mundo para dentro do país.

     O Japão entrou em um período de rápida industrialização, transformando-se em uma nação industrializada habilitada a competir com o restante do mundo em um período de 30 a 40 anos. Esta mudança criou um verdadeiro clima de necessidade em manter a cultura tradicional e a necessidade de reacender e manter velhas tradições. Usui cresceu durante este período.

     O país estava repleto de novas idéias e vários novos sistemas espirituais e técnicas de cura para o crescimento do ser humano. O Reiki era um desses sistemas.

     Quando criança, Usui freqüentou um monastério do Budismo Tendai próximo ao Monte Kurama. Estudou Kiko (versão japonesa do Chi Kung) e aos 12 anos, artes marciais.

     Na fase adulta tornou-se monge budista, mas vivendo na comunidade, trabalhando como homem de negócios e servindo como secretário particular do político Shimpei Goto, que era secretário do Departamento de Estradas de Ferro, Diretor Geral dos Correios e secretário do Interior do Estado. No ano de 1922, o Sr. Goto tornou-se prefeito de Tókio.

     Foi durante este período que talvez Mikao Usui tenha tido a oportunidade de viajar para outras cidades e para a América do Norte, Europa e China.

     Usui não freqüentou a Universidade de Chicago como foi dito aqui no Ocidente. Estava interessado em várias coisas e parece ter estudado vorazmente. Esteve na Grande Biblioteca de Kyoto, pesquisando as origens japonesas e textos sagrados de todo o mundo.

     Usui parecia ter estudado medicina tradicional chinesa, numerologia e astrologia, psicologia e desenvolvimento da vidência, e ele era membro da Rei Jyutsu Kai, que é um grupo de elevado desenvolvimento espiritual.

     Mas o que levou Usui a perseguir todos esses estudos? Bem, de acordo com Doi Hiroshi, Mikao Usui estava querendo saber qual era o propósito essencial da vida, e começou a tentar entender esta questão.

     Depois de algum tempo, ele finalmente teve um esclarecimento: o propósito essencial da vida era “Anshin Rytsu Mei” – estado de sua mente em estar totalmente em paz, sabendo o que fazer com sua vida, sem se incomodar com nada.

     Doi disse que com essa revelação, Usui pesquisou intensamente por três anos, tentando alcançar esta meta. Finalmente, ele procurou um mestre zen para aconselhá-lo em como alcançar o propósito da vida. O mestre respondeu: “- Se você quiser saber, morra!”. Usui perdeu sua esperança diante disto e pensou: “minha vida acabou!”. Ele então foi ao Monte Kurama e decidiu jejuar até morrer.

     Se a história é ou não completamente precisa, parece que Usui estava buscando uma maneira de conhecer o propósito da vida e se satisfazer. Apesar de toda exaustiva busca, ele não conseguiu encontrar a resposta para sua pergunta. Foi ao Monte Kurama e meditou e jejuou durante 21 dias. Esta meditação é chamada de “Meditação do Lótus do Arrependimento” e deriva do Budismo Tendai.

9906201_orig

     Usui cumpriu a meditação e de acordo com a inscrição em sua pedra memorial, durante esta meditação ele recebeu uma luz ou “sartori” que o levou ao desenvolvimento do Reiki, ainda que haja algumas evidências que Usui esteve, na verdade, ensinando seu sistema espiritual por vários anos antes de cumprir sua meditação no Monte Kurama.

     O Monte Kurama, onde Usui passou por seu “sartori”, é uma montanha sagrada. Fica perto de Kyoto e é o coração espiritual do Japão, um lugar com vários templos representando uma enorme variedade de divindades. Dizem ser o lugar onde os espíritos da montanha deram os segredos da luta aos samurais.

     De acordo com a pedra memorial de Usui, uma tradução que você pode ler abaixo, Usui foi um curandeiro bem conhecido e popular, e ensinou um grande número de pessoas por todo o Japão. Em 1922, ele abriu uma “sede de aprendizagem” em Tókio. Apesar de haver uma evidência de ele ensinar desde 1915.

     A maioria de seus alunos começou como seus “pacientes”. Se eles quisessem se tratar entre as consultas, então Usui dava a eles capacidade para que eles pudessem estar conectados ao Reiki permanentemente. Se eles quisessem ir além, então eles poderiam começar um programa aberto de treinamento da técnica Reiki, e adotou o Reiki como caminho para a Luz, para o conhecimento.

pedras

     O sistema era sobre dar cura às pessoas, ensiná-las como se curar, prover exercícios e ensinamentos espirituais. A maneira com que Usui fez tais coisas parece um pouco indefinida, baseada em compromisso progressivo de sessões semanais de treinamento, um tanto quanto da maneira como as artes marciais são ensinadas. Isso estava para mudar logo, pois após a sua morte, sua clínica foi passada para três de seus alunos, um deles era o comandante médico aposentado da Marinha Imperial Japonesa, Dr. Chujiro Hayashi.

      Dr. Hayashi recebeu seu treinamento em Shinpiden por volta de 1925, quando tinha 47 anos. Ele só treinou com Usui por uns 9 meses, então é improvável que todo o sistema Reiki lhe tenha sido ensinado. Esse pequeno período de tempo não seria o suficiente para Dr. Hayashi ter aprendido todo o sistema orienta. Outros levaram muitos anos para atingir os níveis básicos do Reiki com Usui. Dr. Hayashi foi responsável, com alguns oficiais imperiais, por implementar a Usui Reiki Gakkai depois da morte de Usui, apesar de ele tê-la abandonado depois de um tempo, parece que por causa das muitas mudanças que os outros oficiais estavam fazendo com o sistema de Usui.

     Embora não tenha aprendido tudo de Usui, ele queria que o que ele aprendeu permanecesse. Criou a sociedade Hayashi Reiki Kenkyukai e continuou sozinho. Os outros oficiais navais foram também alguns dos alunos menos experientes de Usui.

download-10

     Dr. Hayashi pareceu ter deixado de lado muito dos aspectos espirituais e ter se focado mais no potencial curativo do sistema em vez da trilha do conhecimento (Luz). O fato é que ele era cristão e sua base militar e particularmente médica, deve tê-lo influenciado na sua mudança de direção. Ele parece ter apresentado uma abordagem mais estruturada para a prática e o ensino do Reiki. Ele usava o que parece ser um processo mais complicado de ajuste que envolve o uso de símbolos Reiki, que as “atribuições de poder” do Usui não envolvia. Seus cursos foram por um período fixo e não eram com final em aberto, e ele desenvolveu um conjunto de posições de mãos que podia ser usada por múltiplos profissionais na sua clínica.

     Dr. Hayashi parece ter capturado as gravações detalhadas dos tratamentos que foram dados e usou essa informação para criar seu padrão de posições de mãos para diferentes doenças.

     A abordagem de Usui parece ser mais simples e intuitiva, com alunos que têm um compromisso em aberto, que consiste em sessões semanais em que eles recebem “poderes” espirituais e aprendem a permitir que a energia guie suas mãos. Dr. Hayashi poderia ensinar o primeiro grau em um curso estruturado em cinco dias, com cada treino diário levando 90 minutos e os alunos receberiam iniciações em quatro ocasiões durante o treino como uma forma de reforçar as sessões semanais de “atribuições de poder” de Usui.

     Dizem que Dr. Hayashi queria ensinar Reiki para alguém que não ia ser chamado para lutar na guerra, e felizmente uma senhora chamada Hawayo Takata apareceu na sua clínica.

     Hawayo Takata nasceu em 1900 na ilha de Kauai, Kawaí. Ela foi à clínica do Dr. Hayashi sofrendo vários problemas médicos sérios que foram solucionados pelo Reiki, mas ela originalmente tinha a intenção de passar por tratamentos médicos convencionais ocidentais para curar seu tumor, apendicite e pedra na vesícula. A história continua e, ainda, na mesa de operação, um pouco antes de a cirurgia começar, Takata ouviu uma voz dizer: “A cirurgia não é necessária”. Contam que ela recusou ser operada e perguntou ao seu médico se ele conhecia alguma outra maneira de recuperar sua saúde. O médico a indicou ao Dr. Hayashi e ela começou a receber tratamento.

     Takata era um pouco cética em relação ao Reiki. Ela sentia muito calor das mãos dos profissionais e estava certa de que eles usavam algum tipo de equipamento elétrico, talvez pequenos aquecedores elétricos secretos nas palmas das mãos! Ela olhava nas largas mangas dos kimonos japoneses abaixo da mesa, mas não havia nada lá. Seu ceticismo virou crença assim que seus problemas de saúde foram sendo resolvidos, e ela decidiu que queria aprender o Reiki.

      Dr. Hayashi queria ensinar o Reiki para outra mulher além de sua esposa, e como a senhora Takata foi tão persistente, ele decidiu ensiná-la até o nível máximo. Isso aconteceu em 1938. Dr. Hayashi deu à senhora Takata permissão para ensinar o Reiki no ocidente e ela fez isso nos EUA. Ela foi a décima terceira e provavelmente a última mestra Reiki que Dr. Hayashi iniciou, e entre 1970 e sua morte em 1980, Takata ensinou 22 mestres Reiki. Até muito recentemente, todos os profissionais Reiki do mundo ocidental derivam do Reiki de Takata e podiam traçar sua linhagem através dela até Dr. Hayashi e Mikao Usui.

     Não foi fácil para a senhora Takata, ensinar uma técnica japonesa nos EUA, depois da Segunda Guerra Mundial, com memórias de Pearl Harbor ainda na memória de todos. A população americana não estava particularmente bem disposta em relação a nada relacionado ao Japão.

     Por essa razão, Hawayo Takata foi forçada a modificar, simplificar e mudar o Reiki que foi ensinado a ela por Chujiro Hayashi, para assim se tornar aceitável para os ocidentais.

     O Reiki ensinado por Hayashi já havia sido modificado por ele depois que ele o aprendeu de Mikao Usui. Não apenas Takata modificou as práticas do Reiki mas ela também se sentiu obrigada a fabricar uma história sobre a história do Reiki para torná-lo mais aceitável para o hostil público americano.

     Ficou de fora Mikao Usui, o budista Tendai, e entrou em cena Mikao Usui, teólogo cristão, que viajou o mundo numa aventura para descobrir um sistema curativo que explicaria os milagres que Jesus promovia.

     Além de ter criado uma fábula sobre o Reiki, Takata acabou ganhando o título de “grande Mestre” de Reiki para fazer distinção entre ela e os mestres que ela ensinou. Isso é um ofício, posição e título que não vem de Usui. Na verdade, a Associação original de Usui (Usui Reiki Ryoho Gakkai) ainda é forte no Japão e tem uma lista de presidentes. Reiki é uma técnica curativa gentil e poderosa que pode ser passada como presente de uma pessoa para outra, e não é baseada na idéia de gurus ou grande mestre a quem alguém teria que prestar homenagem. Infelizmente, algumas pessoas na comunidade Reiki são atreladas à idéia de “o ofício do grande mestre”.

images-11

ASSISTAM ESSE INCRÍVEL VÍDEO DE COMO ATIVAR OS SÍMBOLOS DO REIKI

PARA CONHECER MAIS SISTEMAS DE REIKI ACESSE:

http://escolaflordavida.eadplataforma.com/

Logo Escola Flor da Vida II cópia

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!