Todos os Artigos Edgar Martins

EXERCÍCIO PARA CONHECER O PODER QUE UM MUDRA PODE GERAR

buddha-and-mudra

O QUE SÃO MUDRAS?

Os ritos, rituais, iniciações, danças e práticas espirituais da Magia Oriental estão repletos de diversas formas de gestos e posição de mãos, os quais possuem significados simbólicos e forças poderosas. Em sânscrito, esses gestos são chamados de mudras.

É a atividade secreta do corpo; o uso da energia a partir da matéria; ou seja, a utilização das coisas físicas e materiais presentes no plano denso para utilização da energia dos planos mais sutis.
129475_mudraindia

Os Mudras designam qualquer coisa material e física que é empregada para gerar e utilizar energia, proporcionando, assim, a conexão do seu praticante com o Universo.

Ao realizar uma posição de mão ou de corpo, ou seja, um mudra, certos circuítos elétricos dos corpos físicos e etéricos são abertos, fechados ou conectados, de maneira a proporcionar a circulação da energia mais propícia ao tipo de atividade que se pretende executar. Isso, obviamente, irá depender do tipo de mudra a ser utilizado. Por isso, é importante estudar antes de sair executando gestos indiscriminadamente.

 

EXERCÍCIO:

Com o objetivo de sentir o poder que um mudra pode gerar, proponho o seguinte exercício: entrelacem as mãos, apontando os dedos indicadores para frente, formando o mudra Ksepana, como mostra a imagem abaixo.

Agora, afastem os dedos indicadores, mas mantenham-nos relaxados. Ou seja, afastem os dedos, mas não forcem para mantê-los afastados. Apenas os afastem e observem o que vai acontecer em seguida.

Os dedos vão lentamente se juntar novamente. Isso porque essa posição favorece o direcionamento das energias de cada mão, que são de pólos contrários. Como energias de pólos opostos se atraem, os dedos irão naturalmente se unir.

 

Namastê!

Fonte: aoikuwan

Logo Escola Flor da Vida II cópia

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Elisabete disse:

    Olá Edgar! Fiz o exercício foi muito interessante em ver os dedos se unirem naturalmente. Muita Gratidão!!!