Todos os Artigos Edgar Martins

FILHOS DAS ESTRELAS: Crianças Índigos, Violetas, Esmeraldas, Cristais, Douradas, Arco-Íris Parte 1

Considerações importantes para todos os tipos de crianças
Alertamos que essas crianças podem ser desviadas de seu propósito divino pelas forças sinistras em vários momentos de sua jornada, seja durante o período infantil ou adolescente.
As drogas, sexualidade, mídia e toda a forma de manipulação para baixar o padrão emocional e o gradiente intelectual são ferramentas que têm sido utilizadas para desviá-las do seu propósito original.
Como nem todas possuem no momento do nascimento e do crescimento a memória cósmica, ficam à mercê da educação de seus pais, o que se torna um grande risco, pois poucos estão realmente preparados para educá-las e entendê-las.
Outro fator importante que deve ficar claro, para os egocêntricos, é que quando os pais foram adeptos de drogas de qualquer tipo, como ervas de poder, álcool em excesso e demais produtos que são cumulativos no registro do DNA, esse tipo de material permanece inserido no genoma dos pais e compromete por completo o desenvolvimento genético de seus filhos. 
Portanto, para aqueles que foram ou que são adeptos desse tipo de comportamento e acreditam que possuem filhos com genoma especial, entendam que isso é uma farsa e não pode ser verídico, devido ao padrão de energia que existe dentro dessas drogas e do campo telúrico que as mesmas possuem, relacionadas às esferas umbralinas.
Deve ficar claro para vocês que esse tipo de produto foi criado pelos grupos negativos e sinistros da humanidade, que já eram anjos caídos no passado. Substâncias que foram criadas para aprisionar as pessoas ao baixo astral e para tirar o poder divino de seus usuários. 
Mesmo quando uma pessoa suspende a utilização dessas substâncias, sua energia ainda persiste por anos nos corpos sutis e no próprio registro sanguíneo.

Esse fator compromete a qualidade e o próprio material genético das crianças que serão geradas, mesmo que elas se enquadrem no padrão genético moderno de crianças especiais.

Alertamos para este caso, pois sabemos que é normal em algumas comunidades espiritualistas a utilização de ervas de poder, que são usadas de forma indiscriminada. Além do uso de drogas e estimulantes como forma de se comunicarem com o plano espiritual.
Porém, isso é uma desculpa e farsa para justificar seus problemas de ordem emocional, depressão e falta de coragem para enxergar a si próprio como realmente são e de mudar pelo amor próprio e não pela devoção aos falsos deuses, como as vossas religiões e seitas filosóficas pregam.
Se o material genético dos progenitores está contaminado, certamente o de seus descendentes também estará, portanto, entender isso é fundamental para o estudo que é apresentado na continuidade.
Vocês não estão na Terra para competir quem possui o melhor filho da Nova Era, mas sim, para entender que cada um deles tem um enorme trabalho para ajudar a humanidade e necessitam do vosso apoio e atenção.
Outro fator que deve ser considerado é com relação à alimentação dos pais, que também interfere no processo das cadeias moleculares no período da gestação.

Vocês devem ter uma alimentação de boa qualidade, eliminando todo tipo de refrigerantes, açúcar refinado, fumo, drogas, gorduras-trans e outros tipos de produtos industrializados que dificultam a livre troca de energia sutil e harmônica. 

Sabemos que esse assunto é complexo, pois passa pela questão da nutrição e dos valores filosóficos de vegetarianos e carnívoros.

No entanto, todas as linhas de alimentação possuem alimentos de boa e de má qualidade, e é nisso que estamos nos baseando, para que entendam a responsabilidade que cada um de vocês possui para com os seus descendentes.

Na vossa alimentação existem inúmeros conservantes e derivados do anel de benzeno, que são extremamente tóxicos e cumulativos na corrente sanguínea dos humanos, e que acabam por ser transferidos para seus descendentes.
A orientação sexual dos pais também compromete por completo o desenvolvimento dessas crianças, assim como a orientação que será dada a elas. Vocês sabem que o sexo tem sido desvirtuado pela mídia como uma forma de controle emocional e psíquico da humanidade.
A pornografia existe para desviá-los de sua trajetória e em outro aspecto mais profundo, para remover de vocês a divindade do sexo.
Assim, os seus filhos herdam esse tipo de condição psíquica da sexualidade e podem ser, com base nisso, vulneráveis a ataques desse tipo de energia na faixa dos 9 aos 17 anos. O que já demonstrou ser um caminho comum para desviar essas crianças de sua trajetória harmônica.
Os videogames e similares também possuem uma energia de desvio e de controle do mental dessas crianças, que em conjunto com a alimentação, bebida, sexo e drogas são hoje responsáveis pela queda de cerca de 63% do total dessas crianças nos últimos 15 anos. 
Portanto, amados filhos, o que temos aqui é algo bem diferente ao que se propaga na mídia dos internautas e dos egocêntricos, que acabam por desvirtuar a verdade dos fatos.
Outro aspecto a ser abordado é o alto índice de contaminação por protozoários em crianças nos grandes centros urbanos. Essas crianças, que são portadoras de diversos protozoários, larvas, e similares, acabam por ter um comportamento de irritabilidade e atividade acima da média, o que é normalmente confundido com Índigos.
 
Ou seja, o comodismo faz com que os pais prefiram acreditar que seus filhos são portadores de uma dádiva desse tipo e não se preocupam com a saúde deles. Além do fato que, atualmente, é mais status ter um filho Índigo do que se preocupar com uma educação que seja adequada a ele. 
É mais fácil largá-lo na rua e deixar que a esta lhe ensine o que os pais deveriam realizar. É comum o problema da transferência de responsabilidades, na qual os pais acham que a escola tem que dar educação, algo que se sabe que cabe aos progenitores, que legalmente são responsáveis por esse quesito, tanto na questão terrestre, quanto na espiritualidade.
Classificação dos Genomas
*———-*
FILHOS DAS ESTRELAS: Crianças Índigos, Violetas, Esmeraldas, Cristais, Douradas, Arco-Íris
ÍNDIGOS
Crianças com a função de mudar os valores e padrões do passado, sendo renovadores por excelência e com muita vitalidade. Possuem elevado grau intelectual acima de 120 pontos, até os anos 90.
Atualmente, elas atingem valores na média de 150 pontos de QI, dependendo da classificação que eles se encontrem, conforme abaixo.
Normalmente, o Índigo é uma criança que questiona tudo e não aceita ordens consideradas por ele como estúpidas e sem sentido, pois nasceu para mudar os parâmetros do passado.

Ele necessita de diálogo e exige isso com frequência, o que pode gerar discórdia, pois muitos pais não têm tempo para cuidar de seus filhos ou não possuem paciência necessária.

O Índigo tem a característica de ser muito pesquisador e inquieto, no entanto, não confundam isso com hiperatividade, que é uma doença diagnosticada na vossa medicina tradicional, mas que não tem relação com excesso de energia e de vitalidade.

Normalmente, a criança dessa linhagem não adoece com facilidade, pois possui uma vitalidade e um sistema imunológico muito eficiente e o seu genoma já possui a cura para a maior parte de doenças do registro de vidas passadas.

O ser desta gama é curioso por natureza e quer sempre aprender, necessita que a sua curiosidade seja testada e treinada, para potencializar a sua condição intuitiva natural de se comunicar com o além da fisicalidade.

Normalmente, por ter um intelecto ativo e dinâmico, possui um poder espiritual elevado de comunicação e em muitos casos, comunicação direta com os irmãos estelares.

O que pode gerar alguns problemas caso os pais não aceitem ou entendam isso, pois acabam por reprimir este contato, o que bloqueia a condição natural de se comunicarem com o plano sutil e com os mestres que são seus guias, podendo gerar revolta e irritabilidade na criança.

O ser com esse genoma possui uma tendência à irritabilidade, devido à sua energia e à predominância da radiação azul em seu campo vibracional, o que se manifesta de forma mais acentuada quando recebe educação precária e sem limites.

Este fator foi o que estragou grande parte dessas crianças nos últimos 30 anos, período que vocês possuem conhecimento dessa frequência.

A falta de limites na educação acaba por gerar o desvio de suas qualidades e a condição para que as energias opositoras se apoderem do campo energético familiar e por consequência, da egrégora dessas crianças.

  • Índigo Avatárico
A primeira condição para esse nível de ser é a concepção por amor da união de um casal também missionário e avatárico, que possui a consciência do processo de fecundação e da missão da alma que está se propondo a nascer na Terra.
Essa classificação é muito rara e poderíamos dizer que somente casos mediante um contrato direto com as altas hierarquias de Micah e dos Mestres atendem a essa condição.

Nesta categoria estão pessoas como Yeshua (Sananda), Sidharta Gautama, Gandhi, Krisnamurti, Blawatsky, El Morya, Chico Xavier e Kuthumi, onde a alma e os pais já sabiam anteriormente que existiria uma grande missão para esse mestre que estava se dispondo a encarnar na forma humana.

Portanto, nesta classificação existe um comprometimento de todas as partes, para que essa criança possa desenvolver o trabalho e potencial de um mestre encarnado. Por essa razão, enfatizamos que essa classificação é efetivamente rara.
Normalmente neste caso, temos um ser que já é Ascenso e que opta por encarnar na Terra para resolver ou criar uma nova egrégora no planeta e na humanidade.

Todos são divisores de águas e entram na realidade terrestre para ajudar a inserir novos patamares de consciência e de libertação da humanidade, além de serem a ponte para novos aspectos da espiritualidade.

Neste caso especial de Índigo, o plano superior se destina a gerar as condições que permitam uma implementação de novos paradigmas e de projetos que serão continuados por sucessores e ao mesmo tempo, novos códigos de comportamento e de espiritualidade.

Eles em geral, vêm para mudar o que é ultrapassado por algo inovador e efetivamente libertar a humanidade, ou parte dela, dos falsos valores.

  • Índigo Missionário
Alma que possui uma relação de realidades paralelas com a humanidade, ou com a energia da Terra, e necessita concluir algo que ficou inacabado. Normalmente, essa missão tem relação com o envolvimento da Federação Interestelar ou da própria Confederação.
São almas extremamente elevadas, que procuram aproveitar as oportunidades para poder encarnar na Terra.
Neste caso, eles procuram pela melhor afinidade genética dos progenitores e pela qualidade energética que possa ser melhorada ou aproveitada, para que no decorrer do relacionamento seja inserida a condição de gerar um ser com um novo padrão genético.

Em outras palavras, o grupo que tutela essa alma irá dar condições para que os pais gerem um ser dentro do novo padrão de genoma, através de uma modificação e potencialização gradual das suas limitações, para que se enquadrem nas normas de procriação dessa criança.

O material genético terá que ser constituído no decorrer de 18 meses até 5 anos, para que os pais possam gerar na sua sexualidade os ajustes, a condição energética e emocional para terem um Índigo Missionário e este, possa receber a condição encarnacional.
Normalmente, esses pais já possuem alguma sensibilidade e existe uma boa afinidade entre o casal, mesmo que seja um relacionamento de resgate ambos se amam e possuem um padrão de energia estável, o que ajuda no ajuste global dos padrões de energia que são necessários para se gerar uma criança dessa classificação.
São seres que também possuem um elevado gradiente de intelecto, na faixa dos 130 a 180 de QI, conforme o material cedido pelos pais, pois existe uma relação direta entre o material genético dos pais com o da alma que irá encarnar.

O ajuste pode levar alguns anos até que esteja devidamente equilibrado, pois a alma que está sendo esperada é um mestre que possui um trabalho pré-definido e um tempo para desenvolvê-lo.

A diferença com a classificação Avatárico está no fato de que os pais não necessitam ser espiritualizados e estar efetivamente em contato com a hierarquia de forma consciente. 

Eles devem se amar e existir uma boa energia entre ambos, para que isso gere as condições para a alma receber o melhor que possa ser utilizado deles na concepção.

A qualidade do material genético dos pais é fundamental, porque irá ser inserido e interferir de forma direta no desenvolvimento dessa criança.

A missão que essa criança possui dentro de suas potencialidades está diretamente relacionada com a sua carga e registro espiritual, assim como o que ela aceitou em contrato com as respectivas hierarquias da Terra.
Neste caso, existe um projeto e uma missão a serem cumpridos, onde todas as partes envolvidas irão se manifestar e desenvolver o que for possível, dentro das várias probabilidades que surgem no dia-a-dia dessa alma na forma humana.
  • Índigo Transmigrado ou Entrante
Para um melhor entendimento devemos esclarecer a diferença entre Transmigrado e Entrante.
Entrante é a alma que utiliza um ser humano que foi adaptado e preparado para recebê-la, sendo definido assim porque se apodera de um ser humano no decorrer de sua estadia encarnacional na Terra.

Normalmente, são contratos firmados antes de ambas as partes nascerem na realidade terrestre. Este processo ocorre com mais frequência em adultos do que em crianças, mas nos últimos 17 anos tem sido usado em mais de cinco milhões de crianças em todo o planeta, como uma forma de acelerar o despertar da humanidade e de inserir novas almas de fora da Roda de Samsara.

Esse processo é utilizado tanto por seres Federados como pelos não-federados, que ainda estão envolvidos com interesses pouco amorosos.

Já o Transmigrado é uma situação onde existe um contrato, mas que o DNA é modificado através de abduções antes mesmo dos pais gerarem a criança. Existe um projeto anterior e normalmente o DNA da criança é familiar à Mônada do ser que será inserido na realidade terrestre.

Na verdade, essa criança é uma realidade paralela dessa alma, e por essa razão, a adaptação ocorre de forma mais sutil e harmônica se comparada ao processo de entrante, que muitas vezes, depende de alta tecnologia para adequar o conjunto de situações e de reações bioquímicas geradas pelo processo de abduções e acoplamento da nova alma no adulto ou na criança.

O Transmigrado normalmente possui ligação com o grupo monádico da alma e ligação com os pais em realidades paralelas e por isso, existe um maior equilíbrio no processo desde a gestação.

A condição para um Índigo Transmigrado ou Entrante inicia por processo de abdução por seres extraterrestres, onde os pais, ou apenas a mãe, recebe a inoculação de um genoma externo para criar a condição de gravidez. 
É um procedimento padrão dentro das normas da Federação quando existe um contrato entre a alma da mãe ou do pai com a alma do ser que será inserido na realidade terrestre.

O número de casos dessa condição é um dos mais elevados e comuns no momento, pois ocorre a total manipulação do genoma e das condições para inserção de atividades cerebrais que são incomuns ao genoma terrestre.

Muitas das crianças especiais que possuem poderes paranormais de elevado grau são decorrentes desse tipo de manipulação genética.
Podemos dizer amados filhos, que a maior parte dos casais que receberam filhos com um potencial genético e energético modificado, em comparação com a condição do seu material genético, recebeu ajuda através de manipulações do seu genoma.

Isso ocorre dentro de um projeto de três a sete anos, conforme o que possa ser definido como união estável de um potencial casal, que produzirá filhos.

Ou mesmo de uma situação eventual onde a manipulação define que determinadas pessoas deverão se conhecer dentro de um prazo estimado e gerarem filhos, mesmo não existindo amor. Tudo é controlado energeticamente pelo grupo de pesquisa.
Dentro dos atuais casos de crianças especiais posso lhes dizer que cerca de 60% receberam ajuda desse tipo, que representam contatos extrafísicos com seres de outras realidades energéticas, definidas por vocês como extraterrestres.
Porém, nem todos os processos acabam sendo harmônicos, devido a fatores que podem complicar o final do projeto.

Um dos fatores é o ajuste emocional dos pais e a questão do fanatismo religioso, que gera condições na cadeia molecular complexas e difíceis de serem removidas em curto espaço de tempo.

Nesses casos, os grupos estelares recorrem a implantes de memória, para dar as condições artificiais para que o óvulo e posterior feto sejam absorvidos pela memória celular da mãe e com isso, o processo de gestação possa efetivamente se desenvolver.
A memória celular dos pais é um fator extremamente importante no ajuste do novo material genético do ser que será inserido na realidade física da Terra, pois pode interferir de forma drástica no desenvolvimento da criança, gerando anomalias e deficiências físicas ou até mesmo provocando um aborto, por incompatibilidade entre o DNA do ser e dos progenitores.
A alma dos pais é tratada gradualmente pelas equipes estelares até atingir o equilíbrio relativo que permita que essa criança possa nascer na Terra.

Por essa razão, alguns anos de ajustes são necessários, onde podemos revelar que o livre-arbítrio dos pais não é levado em consideração na sua totalidade, pois existe um contrato e uma pré-disposição para que esse projeto seja realizado.

Normalmente, essa criança terá elevados poderes paranormais e uma condição de contato direto com as equipes estelares e espirituais no decorrer de seu processo terrestre, sendo que nem sempre os pais poderão acompanhar esse processo de acordo com as escolhas que fizerem.
São crianças que possuem um projeto e uma missão dentro de diversos setores da realidade humana e por isso, são os mais visados pelas forças sinistras e possuem grande dificuldade de se ajustarem às limitações da civilização terrestre.

Eles podem trocar de alma durante o seu desenvolvimento terreno, caso não se sintam capacitados a concluir seu projeto ou missão, e dentro das respectivas missões podem receber a ajuda de outros seres equivalentes a eles ou mesmo acoplar dentro de seu corpo até sete seres simultaneamente.

Significa que são crianças que podem ter o conjunto de até oito almas ajudando a desenvolver uma missão na humanidade. Essa condição também é relativa ao material genético que foi utilizado e a pureza original que já existia por parte dos pais.
Todo Transmigrado possui uma data determinada de início e fim de suas funções na Terra em conformidade com o que ele aceitou e definiu dentro de suas tarefas. Sendo que no fim desse período ele pode deixar a realidade terrestre, se assim o desejar.

Neste fator residem aspectos ligados à afetividade dos pais e familiares que não se encaixam com o padrão emocional do Transmigrado e do Entrante, uma vez que seus sentimentos se baseiam nas trocas emotivas das esferas sutis, o que é diferente da condição de apego e de posse que vocês acreditam ser amor na sociedade terrestre.

  • Índigo Ocasional
Nesta classificação está uma grande parte dos seres de outros mundos, que querem aproveitar o momento que a humanidade está vivendo e o próprio aspecto energético do planeta para gerar uma nova condição de aprendizado e de ajuda.
Eles solicitam ao Conselho Cármico Planetário a oportunidade de encarnar aqui e entram na fila de espera e de oportunidade encarnacional, dentro dos respectivos ajustes, para que possam encarnar dentro do material genético disponível em todo o planeta.
Nesse caso, existem diversos critérios para que uma alma de outro planeta e de outra realidade dimensional possa encarnar na Terra, pois a maior parte não se enquadra na linha cármica ou missionária.

Porém, possui capacidade de ajudar a humanidade e baseado neste aspecto, são realizados estudos para se verificar a melhor condição para todas as partes envolvidas.

Estas almas representam um número elevado de crianças especiais, pois possuem um elevado grau intelectual, sintonia com a computação e com os Mestres.

Em geral, têm a capacidade sensorial muito desenvolvida, mas possuem pouca ou nenhuma experiência em planetas como a Terra e por essa razão são facilmente desviados de seu caminho e propósito divino. 
Lamentavelmente, podemos afirmar que a maior parte dessas crianças acabou por se perder, devido à falta de apoio dos pais e da sociedade, onde a mídia com seus métodos sinistros os desviaram de uma linha emocional e psíquica harmônica.
A inteligência desses seres é usada e manipulada para criar tarefas desumanas e desarmônicas, criando mestres do sinistro. Eles chegaram à Terra para aprender a mestria sobre seu potencial pessoal de criadores e estão no momento vivendo o poder desarmônico de co-criação deles.
Isso é importante para o seu aprendizado, mas no contexto da humanidade gera um forte desequilíbrio e desvio das crianças para a egrégora da pornografia, drogas, alcoolismo, violência, guerras e agressividade em geral. 

Ao fazerem uma análise da atual situação de seus adolescentes e crianças, vocês se deparam com uma triste realidade na vossa sociedade.

Neste ponto vocês percebem que o conceito de crianças especiais cai totalmente, pois vocês percebem que eles são tão vulneráveis quanto vocês e em alguns casos até mais, pois a maior parte não possui bagagem no que se refere a encarnações terrestres.

Portanto, amados filhos, antes de se vangloriarem de que possuem descendentes especiais, entendam a responsabilidade que isso significa, não só como pais, mas como cidadão do mundo e com a própria espiritualidade.

Esta classificação é interessante por definir um elevado número de seres de luz, que se perdeu na Terra desde 1973 com o desenvolvimento dos meios de controle do SGS e do pacto com os grupos dos Grays, Zetas, Draconianos, Xopatz, entre os que mais efetuaram manipulações através de abduções e outros meios de controle.
Atualmente, cerca de 350 milhões de pessoas, desde setembro de 1973, foram afetados e de alguma forma, contaminados pela tecnologia desses seres dentro do que poderia ser definido como crianças especiais.

Vejam que os números são bem elevados e definem algo distinto do que vocês acreditavam como, por exemplo, que essas crianças eram invulneráveis.

  • Índigo Cármico Convencional
Nesta classificação existe a condição natural de almas que ainda estão na Roda de Samsara e possuem assuntos cármicos a serem resolvidos. Ao contrário do que se diz, essas crianças existem na atualidade e nascem aos milhares na Terra, pois ainda há muito a ser transmutado.
Portanto, ainda existem seres com pendências que estão nascendo e que ainda devem continuar encarnando por alguns anos.

Essas pessoas normalmente possuem uma vida mais densa, com aspectos pesados e dificuldades a serem vencidas desde doenças até a adaptação de questões de ordem umbralina.

Normalmente, o número de obsessores dessas crianças é bem elevado, o que dificulta suas vidas. São pessoas que não gostam de animais, possuem ódio no coração, são revoltados com os pais, com a vida e com eles mesmos.

Também é comum que alguns pais confundam essas crianças como sendo seres de luz, achando que por serem revoltados são “iluminados”.

Vocês percebem como é fácil confundir-se com essas questões, e ao mesmo tempo, como é duro para um pai ter que entender que seu filho é um ser que está apenas em resgate planetário ou cármico, como vocês dizem?

Esses esclarecimentos os ajudam a estudar a situação que se encontram de forma a encontrar um caminho, e ao mesmo tempo, auxiliar a resolver a questão com essas crianças, que na maioria dos casos envolve uma boa educação e paciência para dialogar com elas.

Na vossa sociedade, muitos pais não querem assumir essa responsabilidade e deixam que outros assumam, o que acaba por gerar a marginalidade e revolta descontrolada.

No caso destas crianças ou adolescentes a situação é mais delicada e acaba por definir a diferença entre um delinquente e um servidor da lei universal.

Portanto, quem compartilha o carma são os pais e não apenas a criança ou adolescente, pois o conjunto familiar é responsável pelo que está sendo produzido nessa relação e educação.

Existem alguns paranormais que classificaram as crianças com grande dívida cármica como sendo da cor musgo, o que na verdade tem relação com o campo áurico enegrecido de elementais e de egrégora negativa.
FILHOS DAS ESTRELAS: Crianças Índigos, Violetas, Esmeraldas, Cristais, Douradas, Arco-Íris
VIOLETAS
Crianças que sustentam a egrégora do 7º Raio, com a capacidade de transmutação e de dissolver intrigas.

Elas são pacifistas por natureza e possuem o dom espiritual de modificar as energias do ambiente onde estão, sendo regidas pela egrégora de Saint Germain e Kuan Yin. 

Essas crianças iniciaram a sua maior concentração na Terra por volta de 1984, sendo que antes desta data já existiam crianças dessa qualificação, porém eram raras.

A partir de então, elas deram início a uma efusão globalizada para dar sustentação a grande mudança que viria a ser introduzida na humanidade com a Convergência Harmônica.
Todas as crianças dessa regência serviram na egrégora do 7º Raio durante suas últimas seis encarnações para poderem dessa forma, serem emanadoras dessa energia na sua missão final na Terra.

Normalmente, são diplomatas por excelência e inserem nas pessoas um amor e ternura natural de seu ser, além de não gostarem de brigas e agressões. 

São muito delicadas nesse sentido e sensíveis às energias do ambiente onde moram ou convivem. Temos notado que essas crianças possuem dificuldade de adaptação no ambiente hostil de competitividade das pessoas e das outras crianças, que normalmente por inveja acabam sendo agredidas.
Todo ser Violeta possui uma profunda ligação com animais, com a natureza e forte conexão com a tecnologia, mas não tão intensos quanto os Índigos.

Justamente para inserirem na sociedade profundas mudanças no aspecto social e psíquico, pois elas são equipadas com diversos dispositivos tecnológicos de 12D para cima, para que sejam ajustados e ativados no decorrer de sua caminhada entre os humanos, de forma a desenvolver a conexão temporal com as esferas superiores.

Podemos dizer que as crianças Violetas equivalem a relógios biológicos da hierarquia, para inserir as técnicas de transmutação do planeta e para ativar os portais da regência do 7º Raio na humanidade.

Todos são portadores do Sagrado dentro de si, sendo que a seleção natural de cada um dependerá da classificação a qual pertencem.

Um Violeta possui um aspecto interessante que se baseia na condição de unificação de todas as outras qualificações dentro do contexto da Fraternidade Branca. 

Existe uma ligação de propósito dos avatares de cada Raio, para que através da energia do Raio Violeta se possa unificar e gerar a condição da energia Maxim que veio a ser definida como a egrégora Cristal Maxim em setembro de 2006, como será explicado no decorrer deste livro.

A energia primordial da egrégora espiritual das crianças Violetas é uma parte importante para essa nova categoria, que veremos a seguir.

No restante, podemos definir que as crianças Violetas possuem ampla sabedoria e poder intelectual na ordem de 140 a 180 QI, de acordo com o seu propósito e com a bagagem espiritual.

Na maioria dos casos são mestres de outros mundos que escolheram encarnar para realizar as tarefas que acreditam serem necessárias para a humanidade.

A tarefa dessas crianças é diferente da dos Índigos, pois possuem o papel de serem diplomatas nessa grande transformação e de transmutarem com sabedoria e com muito amor e cautela, pois são regidos por duas cores básicas.

O que compõe o violeta é justamente a combinação do poder do azul e do amor do rosa, logo, o Violeta possui a capacidade do Índigo acrescida do amor e sabedoria do rosa.

Isso os torna mestres por excelência e ao mesmo tempo, com grande responsabilidade social para com a humanidade.

Outro aspecto que as difere dos seres Índigos é o fato de, dependendo da classificação a qual elas pertencem, podem ter a mestria dos Raios anteriores, o que as torna mestras com grande sabedoria e perseverança, enquanto as anteriores são mais objetivas em suas colocações e nos propósitos que vieram realizar.
Em geral, as outras qualificações de crianças estão mais aprimoradas e com responsabilidades refinadas em relação às primeiras levas de crianças, que eram qualificadas indevidamente como Índigos.
As pessoas generalizavam esse termo por acreditar que existia apenas esse tipo de emanação, devido a frequente condição do campo eletromagnético ser azulado em função da respiração ser mais profunda e ativa nessas crianças, e como o oxigênio é azul acaba por gerar um efeito visual áurico dessa nuance.
Devemos esclarecer que as crianças Violeta ou de outras gamas não necessitam possuir determinada coloração em seu campo áurico. Sua classificação como criança especial é baseada na função que veio desenvolver na Terra e por sua egrégora em relação a cada Raio e aos Mestres que compartilham a sua missão.
Em outras palavras, não é fácil a tarefa de descobrir qual a verdadeira regência de vossas crianças. O que mais se percebe é o “achismo” de vocês, criando mais confusão do que ajudando efetivamente as pessoas.

Existe uma situação delicada em vossa sociedade que se baseia nas informações equivocadas, que mais desinformam e vos afastam do equilíbrio.

Situação gerada propositalmente pelos grupos do SGS, dos Illuminatis e de outros filiados à essa egrégora nefasta, que procuram controlar, inclusive, os sensitivos em todo o planeta.
  • Violeta Avatárico
Essas crianças, comparadas com as Índigo Avatárico possuem a diferença da energia do Raio Violeta, o que as torna seres com responsabilidade espiritual com Saint Germain e com o Conselho Cármico Planetário.

As responsabilidades desse tipo de criança estão relacionadas com o projeto da Operação Resgate e com a ativação dos Templos Sagrados, que está sendo realizada em todo o planeta nos últimos anos.

As crianças dentro desta qualificação possuem a ativação de seu DNA com 12 a 17 filamentos, conforme o propósito que eles tenham que sustentar na Terra.
Normalmente, possuem a linhagem dos 72 corpos indexado na relação dos 72 nomes de Deus, o que faz com que tenham uma linhagem direta com a hierarquia dos Kumaras e com a egrégora dos Anciões dos Dias, que fazem parte do Conselho Universal. Além de geralmente fazerem parte da hierarquia espiritual e possuírem a consciência cósmica ativa.
Na medida em que crescem despertam as capacidades sensoriais de conexão com as esferas da alta espiritualidade e assumem efetivamente o seu papel como avatares na Terra.

Possuem alta capacidade de poderes de exorcismo e limpeza espiritual, além de serem alquimistas da espiritualidade por intuição.

  • Violeta Missionário
Possuem as mesmas qualificações descritas no caso dos Índigos Missionários, com a diferença de possuírem uma ligação extrema com a energia do Raio Violeta, o que gera condições de transmutação e trabalhos no plano da espiritualidade, mediunidade e sensibilidade mais desenvolvida.
  • Violeta Transmigrado e Entrante
Neste caso as mesmas explicações dos Índigos Transmigrado e Entrante, com a diferença da condição e responsabilidade com a hierarquia de Saint Germain e Ezequiel, no Raio Violeta e todas as funções que isso acarreta.
  • Violeta Ocasional
As informações apresentadas no caso do Índigo Ocasional, com a diferença das qualidades energéticas do Raio Violeta.
Muita Luz,
Edgar Martins
Fonte:
Direitos Autorais:  Texto extraído do Livro “Filhos das Estrelas” de Rodrigo Romo 
Fonte: http://www.rodrigoromo.com.br

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!