Todos os Artigos Edgar Martins

O Poder da Gratidão

A Neurociência explica o poder da gratidão no nosso corpo.

Quando geramos sentimentos de gratidão em nossos pensamentos, ativamos o sistema de recompensa do cérebro, localizada numa área chamada Núcleo Accubens. Este sistema é responsável pela sensação de bem estar e prazer do nosso corpo.

Quando o cérebro identifica que algo de bom aconteceu, que fomos bem sucedidos e que existem coisas na nossa vida que merecem reconhecimento e somos gratos por isso, ocorre liberação de dopamina, um importante neurotransmissor que aumenta a sensação de prazer. Por isso, pessoas que manifestam gratidão vivem em níveis elevados de emoções positivas, satisfação com a vida, vitalidade e otimismo.

A gratidão deve ser construída pelo nosso pensamento. Construa o reconhecimento interno pensando em suas conquistas. Por outra via neural, a gratidão estimula as vias cerebrais para a liberação de outro hormônio chamado ocitocina, que estimula o afeto, traz tranquilidade, reduz a ansiedade, o medo e a fobia.

Exercitar o sentimento da gratidão dissolve o medo, a angústia e os sentimentos de raiva. Fica mais fácil controlar os estados mentais tóxicos e desnecessários. O nosso cérebro não é capaz de sentir, ao mesmo tempo, gratidão e infelicidade. Você é que faz a escolha.

Ocupe seu espaço interno e exercite diariamente a gratidão. Para fazer com que seu dia comece de forma positiva, já pela manhã experimente pensar nos diversos motivos que você tem para sentir gratidão. E termine seu dia refletindo sobre as realizações que lhe deram prazer.

A pedido de um grande Mestre, amigo e irmão que ama muito a humanidade gravamos uma série de 51 vídeos inéditos e gratuitos que vão mudar completamente seu estado de espírito.

Entregamos as chaves para você se libertar de traumas, bloqueios emocionais, fobias e muito mais.

CONHEÇA AS CHAVES DA CURA, ACESSE AQUI –

 https://goo.gl/LxHrw1

GRATIDÃO É O AMOR EM FORMA DE RECONHECIMENTO!

CULTIVE A GRATIDÃO EM SEU  E VIVA MAIS E MELHOR!

Muita Luz ,

Edgar Martins

Autor desconhecido.

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!