Uncategorized Edgar Martins

O Símbolo Hamsa

il_fullxfull.514791527_ruyz (2)

O Símbolo Hamsa em várias culturas

 

O hamsá está presente em várias culturas e religiões, como o judaísmo, no islã e no budismo, possuindo as especificações próprias de acordo com cada religião.

No budismo, por exemplo, o hamsá é conhecido por Abhaya Mudra e é utilizado para afastar o medo que bloqueia nossos caminhos. É o gesto de confiança e segurança, que dissipa o medo e concede proteção divina e felicidade em muitas religiões indianas. Este é um dos principais mudrās encontrados retratados em várias imagens hindus e budistas.

No hinduismo representa a harmonia dos cinco elementos e de seus respectivos chakras e ao combinar certos dedos compoem mudras que energeticamente vão agir em nosso campo áurico para trazer alguma harmonização. A Hamsa ou Mão de Miriam.
Nas comunidades judaicas é chamada de mão de Hamsa ou Mão de Miriam. Miriam era a irmã de Moisés e Arão . Moisés levou os israelitas para fora do Egito. Aron tornou-se o primeiro sumo sacerdote. Miriam desempenhou um papel importante na história de Moisés e foi altamente respeitada.

A lenda diz que foi devido às virtudes de Miriam que os israelitas sempre encontraram água durante os quarenta anos que se perguntaram pelo deserto no caminho da Terra Prometida.

O bem que parecia seguir o povo de Israel é segundo a lenda chamada poço de Miriam.Então Miriam passou a representar proteção, sorte e felicidade.

depositphotos_58997563-stock-illustration-hamsa-hand

A Hamsa ou Mão de Fátima

Nas comunidades muçulmanas é chamado de Mão de Fátima ou Khamsa. Fatima al Zahra era a filha do Profeta Muhammad e sua primeira esposa Khadija. “Al Zahra” é um título usado frequentemente que significa “o brilhante”.

Ela era casada com o primo de seu pai chamado Ali . Ela era a única filha de Muhammad a dar-lhe netos. Os muçulmanos xiitas acreditam que Fátima era pura, completamente sem pecado (Virgem Maria).

A Mão de Fátima é considerada um forte símbolo de proteção, poder e força. Algumas casas, lojas você pode encontrar pendurados na parede ou porta o que certamente se destina a proteger o lar do mal e manter os membros da família seguros.A Mão de Fátima também representa os Cinco Pilares do Islã: Fé, Oração, Peregrinação, Jejum e Caridade.

Hamsa é a palavra hebraica para cinco. Da mesma forma Khamsa é a palavra árabe para cinco. A mão de Hamsa é conhecida pelo poder de proteger o dono do mal-olhado e trazer felicidade ao seu detentor.

Hamsa com peixes

Muitas vezes, a mão de Hamsa é decorada com desenhos de peixe. Os peixes são tradicionalmente um símbolo de boa sorte.Como o peixe também vive na água, é completamente imune aos poderes do olho do mal, o símbolo de peixe na mão de Hamsa, portanto, fortalece a proteção contra o mal-estar.

Olho

O desenho do olho freqüentemente encontrado no Hamsa representa o olho que vê tudo. Nada escapa deste olho. O olho cuida da pessoa em posse do Hamsa e avisa e protege contra encontros malignos.

Pombos

Na mitologia a pomba representa a sublimação do instinto animal. A pomba também simboliza pureza, mas refere-se à pureza do amor. A pomba representa, portanto, aquilo que o homem possui de imperecível e impalpável, é um princípio vital, a alma, a essência do amor. A pomba é o símbolo do amor, sobretudo quando representa-se um casal de pombos.

Algumas pessoas preferem usar como pingente outras preferem peças maiores deste símbolo para pendurar na parede em sua casa para proteção e boas bênçãos.

Existem provas arqueológicas que mostram o símbolo da Hamsá utilizado como um escudo contra o mau-olhado já muito antes do surgimento do judaísmo ou do islã. Atualmente os defensores da paz no Oriente Médio têm usado como símbolo para lembrar as raízes comuns do judaísmo e do islamismo buscando, nesse caso, um símbolo de paz e esperança. Um desejo não só deles, como nosso também!
Muita Luz, Gratidão
Edgar Martins

Logo Escola Flor da Vida II cópia

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!