Todos os Artigos Edgar Martins

Quem são os adultos Índigo?

Quem são os adultos Índigo?

Falar sobre os adultos Índigo, ou sobre qualquer comportamento humano, é muito complexo, pois podemos ser confundidos com rotuladores de grupos ou pessoas.

Mas como diz Sandra Sedgbeer, no filme Revolução Índigo, “acho importante ter rótulos, porque se nós não os rotulamos, outros vão fazê-lo.”

Neste caso, das novas gerações que estão nascendo, a qual pesquiso e estudo há mais de 10 anos, eles já são rotulados como: teimosos, disléxicos, crianças problema, entre outros. Então se não criarmos “rótulos” diferentes, a sociedade se encarregará de fazê-lo e sem nenhuma piedade.

Em nosso dia a dia, na mídia, podemos assistir aos efeitos desastrosos de pequenos e grandes monstros criados pelos pais e avós que assombram a paz com barbáries incompreensíveis.

Isso é verdadeiro para crianças em geral. Este fato nos faz pensar, analisar, refletir e estudar ainda muito a respeito do que pode acontecer com as crianças devido às suas diferentes características, grau de sensibilidade  e as consequências e efeitos daquilo que viveu em sua infância.

Pretendo apresentar aqui algumas informações e reflexões que facilite a compreensão de muitas perguntas sem respostas do porquê de ter um comportamento diferente da maioria. Isto é falar de adultos Índigo.

Importante lembrar que os Índigo vieram a este planeta com uma missão muito clara: serem pontes entre a velha e a nova energia, entre os antigos e os novos paradigmas.Eles chegaram para questionar e promover uma revisão de valores em nossa sociedade, facilitando o processo de transição para uma sociedade mais evoluída e avançada.

Esses adultos estão sempre buscando o sentido e o propósito de suas vidas, sem encontrar seu nicho social. Sem um ambiente que os entenda, aceite e acolha, usam grande número de mecanismos de defesa para ocultar sua realidade. Encontram grande dificuldade em ganhar dinheiro, por meio de sua profissão.

A sensação é que os Índigo até se sentem culpados por perceber essa dificuldade e por querer ganhar dinheiro e destacar-se, como se isso não fosse para eles, e como se estivessem lutando contra uma força interna que tentam reprimir. Essa constatação, na realidade, parece ter o efeito fulminante de rebaixar mais ainda a autoestima dos adultos Índigo, até mesmo, porque muitos passaram e passam por situações financeiras bem difíceis, tendo de contar com a ajuda de familiares e de amigos para se manter e para manter seus filhos.

Características dos adultos Índigo

O adulto Índigo é dinâmico, inquieto e em evolução permanente. Veja a seguir algumas características conforme a educadora americana Wendy Chapman:

  • São inteligentes apesar de não terem tido as melhores notas.
  • São muito criativos e apreciam fazer coisas.
  • Sempre precisam saber “por quê”, especialmente quando se pede a eles que façam algo.
  • Podem ter experimentado depressão existencial bem cedo e sentimentos de impotência, que podem ter se estendido da tristeza ao desespero.
  • Têm dificuldades em empregos com serviços supervisionados. Os Índigo resistem à autoridade e ao sistema hierárquico de trabalho.
  • Preferem posições de liderança ou trabalharem sozinhos a grupos.
  • Podem ser extremamente sensíveis emocionalmente, até chorando num piscar de olhos (sem defesas). Ou, então, podem ser o oposto e não mostrar qualquer expressão de emoção (defesa completa).
  • Podem ter problemas com a raiva.
  • Têm problemas com os sistemas que consideram falidos ou ineficazes, exemplo: político, educativo, médico, legal e outros.
  • Frustração ou rejeição do tradicional sonho de carreira.
  • Um ardente desejo de fazer algo para mudar ou melhorar o mundo.
  • Possuem forte intuição.
  • Podem ter problemas em se concentrar em determinadas tarefas.
  • Podem recusar a sexualidade por tédio ou com a intenção de conseguir uma ligação espiritual mais elevada.
  • Procuram o significado de suas vidas e a compreensão do mundo, através da religião ou da espiritualidade, em grupos espirituais ou em livros.
  • Quando encontram o equilíbrio, eles podem se tornar indivíduos muito fortes, saudáveis e felizes.

Vale dizer que qualquer pessoa pode ter todas estas características, mas nos Índigo, elas são mais fortes.

Entendendo os adultos Índigo

Os adultos Índigo, especialmente aqueles que têm idade acima de 30 anos, chegaram ao planeta, em uma época em que a energia era mais densa: o que equivale dizer que os paradigmas eram outros e a consciência era ainda mais limitada. Os padrões estabelecidos eram mais rígidos e as mentes dos pais, professores e governantes eram muito mais fechadas.

Eram crianças cuja essência apontava na direção de uma vida espiritual guiada pelo amor incondicional, valores mais elevados, cooperação, ambiente acolhedor e pacífico e de uma missão voltada para a promoção da mudança, para a revisão de valores, para a expansão da consciência e para a elevação espiritual do planeta.

Imaginemos como esses seres devem ter sofrido ao viver em uma época e em um contexto tão contrário à sua essência e a manifestação de seus dons. Vamos imaginá-los vivendo em famílias muitas vezes desestruturadas, sem amor, mantidas apenas na base dos interesses, das aparências e da hipocrisia. Sendo criados por pais que mantinham um modelo secular baseado no controle e no medo em vez de no respeito e na confiança.

Quanta dor, por ter de sufocar a própria essência.. Os adultos Índigo de hoje aceitaram, sim, uma árdua missão de promover a mudança por onde passarem, e todos nós sabemos que não existe mudança sem sofrimento, sem perdas. Para criarmos e ganharmos algo novo é preciso abandonar o velho, o antigo.

Segundo Tereza Guerra, terapeuta transpessoal portuguesa e autora do livro Poder Índigo e Evolução Cristal, qualquer ser humano, em geral, mas o Índigo, em particular, tem um poder imenso que desconhece, afastando-se da sua essência, que é espiritual. Chegou a hora de reivindicar o nosso poder Índigo, esse poder mágico, proveniente das estrelas, e que todos nós possuímos.

Conforme estudos e pesquisas, existem vários tipos de Índigo:

  • Os que se adaptaram ao sistema e aceitaram a realidade que lhe coube nesta existência e dificilmente questionam tal realidade de forma aberta;
  • Os rebeldes que se destacam por seus comportamentos exacerbados, atitudes provocativas e desafiadoras. Estes têm vontade e orientação fortes na direção de seus objetivos e resistem às pressões do sistema. O mais puro dos adultos Índigo, pois desde criança reconhece e assume seus dons e capacidades, tais como telepatia, clarividência, clariaudiência, capacidade de curar com as mãos, etc. É altamente sensível e intuitivo. Sua vida é marcada por um sentimento de não pertencer a este planeta Terra. Têm uma comunicação com o mundo suprassensível muito consciente desde a infância. São capazes de captar e entender  a sincronia do universo.

Personalidade dos adultos Índigo

A jornalista, escritora e terapeuta holandesa Carolina Hehenkamp, aponta aspectos tidos como pontos fortes e fracos da personalidade Índigo adulta que são interessantes para nosso estudo.

Fraquezas ou debilidades da personalidade do adulto Índigo:

  • Teimosia e impaciência;
  • Problemas com autoridade;
  • Quer que todo mundo o reconheça e aprecie;
  • Tem dificuldade de expressar-se com palavras;
  • Arrogância.

O lado forte da personalidade dos adultos Índigo:

  • Perseverência e comprometimento;
  • É honesto e íntegro;
  • Entende a vida como algo muito sério;
  • Tem senso e valor pessoal;
  • Possui capacidades extrassensoriais;
  • É uma pessoa muito intensa;
  • Compreende a natureza de seu próprio SER e sua relação com o universo.

Eu, particularmente, não gosto muito do termo fraqueza, pois acredito que todos, independente da geração ou época em que nascemos, temos muitos pontos a melhorar – e não fraquezas, isso me soa um tanto desanimador. E, é claro que tudo isso pode variar de acordo com o grau de evolução da consciência de cada um também!

Para o Índigo, que é altamente intuitivo, persistente, e obstinado, quando se trata de realizar eles concretizam, criam e experimentam. Eles têm necessidade da realização prática, de fazer acontecer. Nada de deixar para amanhã! Com este comportamento fica fácil de transformar tudo em aprendizado, em crescimento, em melhoria.

A vibração Índigo é uma qualidade energética que pertence a uma alta vibração espiritual originada em um espaço dimensionalmente superior. Como sabemos, um ser humano pode afetar outros seres humanos com sua energia. Assim, a chegada de um número crescente de seres que vibram nessa freqüência mais elevada permitirá, cada vez mais, que tanto adultos como crianças evoluam e elevem sua própria freqüência vibracional, expandindo seu estado de consciência.

“Para os Índigo, tudo significa tudo. Alimento pode significar equilíbrio emocional, inspiração. Inspiração pode significar deixar de ter fome. Um abraço pode significar maior velocidade de coagulação do sangue. O amor fortalece o sistema imunitário.”

Liberte seu adulto Índigo!

Recomendações simples, mas de grande importância para o bem estar dos Índigo:

  • Expressar sua opinião livremente para evitar somatização das emoções reprimidas no corpo físico.
  • Meditar regularmente, para manter sua energia equilibrada.
  • Ajudar-se com terapias, homeopatia e/ou florais.
  • Tomar água pura para desintoxicar-se.
  • Alimentar-se de forma saudável.
  • Estar atento aos extremos emocionais. Isso pode desiquilibrar a energia.
  • Fazer exercícios físicos, pois é uma forma de relaxar e melhorar o stress.
  • Organizar e simplificar a vida para melhorar as oscilações entre períodos de fadiga e de elevada energia.

guia-da-alma-adultos-índigo-mulher

Conforme Monachesi e Limoncelli, autoras do livro “Adultos Índigo”, essa geração veio com a missão de fazer uma grande revisão dos sistemas educativos e mudá-los. A lógica integrada a uma Consciência Cósmica é uma característica Índigo: essa visão global permite elaborar um novo sistema de aprendizagem no qual os seres humanos recuperem o poder pessoal, a confiança na intuição e a autoestima.

É uma linda e divina missão, que é a criação de uma nova forma de ver, uma nova forma de viver e de se relacionar consigo mesmo, com os outros seres e com o Cosmos.

Os Índigo trazem consigo um poder pessoal de influenciar outras pessoas, com sua capacidade de liderança, através de exemplos de vida, de atitudes, de ações e lutas por causas nobres para a humanidade.

Eles estão aqui para acelerar o processo de derrubada dos muros que separam a velha da nova energia e hoje estão formando seus filhos e educando seus alunos para assim abrirem passagem para o livre exercício do SER na direção da expressão da consciência e da evolução.

guia-da-alma-adultos-índigo-montanha-fumaca

Fonte: Ingrid Cañete

Leia também:

Crianças Índigo: o que elas têm para nos ensinar?

Crianças Cristal – a nova vibração

Referências e leitura sugerida

A Psicoterapia Transpessoal – Vera Saldanha

Adultos Índigo: uma viagem de reconhecimento – Maria Monachesi e Bárbara Limoncelli

Adultos Índigo – Ingrid Cañete

Os Sete saberes necessários à Educação do Futuro – Edgar Morin

Filmes

Quem Somos Nós

Revolução Índigo

Muita Luz com todo Carinho,

Edgar Martins

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!