Alpiste e suas utilidades


Leite de Enzimas

O
alpiste passou por profunda pesquisa na Universidade Nacional do México em
função do alto valor protéico e dos seus aminoácidos estáveis que podem circular
seguros e indestrutíveis pelo organismo.

A gramínea é originária do
Mediterrâneo e comercializada em todo mundo apenas como alimento para pássaros
domésticos.

O resultado da pesquisa revelou que o alpiste tem a
capacidade de recarregar e curar o organismo humano.

Também, o leite
de enzimas do alpiste (um copo) apresenta mais proteínas do que dois ou três
quilos de carne.

Segundo os dados da universidade mexicana, as enzimas
do leite de alpiste desinflamam nossos órgãos, em especial o fígado, os rins e o
pâncreas.

Elas acabam com a diabetes em semanas, curam a cirrose e o
fígado porque conseguem aumentar o número dos hepatócitos.

Os rins
ao serem recarregados com as enzimas do alpiste passam por uma saudável diurese
que elimina o excesso de líquidos do corpo.

Também reduz a hipertensão
e, por possuir a enzima lipase que dissolve rapidamente depósitos de gordura das
veias e artérias, é grande remédio contra obesidade e restaurador da tonicidade
muscular.

Este leite de enzimas reduz taxas altas de colesterol e
previne o afunilamento das artérias.

Como é diurético funciona em casos
de cistites, abundância de substâncias nitrogenadas no sangue, ácido úrico,
gota, hipertensão arterial, edemas, sobrepeso acompanhado de retenção de
líquidos, gastrites e úlcera do estômago.

O leite de enzimas do
alpiste também reduz problemas relacionados à urina, pedras nos rins e
bexiga.

Por ser emoliente relaxa e abranda as partes inflamadas,
além de refrescante se usado externamente em eczemas.

Consumir leite de
alpiste é uma injeção de saúde e uma forte vacina contra diabetes ou qualquer
outra enfermidade que ocorra por altos índices de acidez
sanguínea.

Portanto, é importante consumir pelo menos dois ou três
copos do leite de alpiste para assegurar uma figura delgada e saudável,
obviamente acompanhada por uma mente sã e leve.

Preparo do
leite de enzimas

* Durante toda noite, deixe de molho cinco colheres de
alpiste.

* Pela manhã, despeje a água em que as cinco colheres de
alpiste ficaram de molho e, com um litro de água nova e limpa, bata o conteúdo
no liquidificador.

* O resultado será um leite espumoso de sabor suave
que deverá ser ingerido em jejum ou com alimentos sem açúcar; ingerir também,
antes de dormir.

* O ideal é beber, pelos menos, dois a três copos
no dia.

* Nunca adicione frutas ou açúcar ao leite das enzimas.

* Açúcar refinado é o veneno que destrói as enzimas e os benefícios de
qualquer alimento.

*** Nada sobrevive ao açúcar refinado.

A acidez mata as
enzimas.***

=============================================
Fonte:
http://www.nacaodoscanarios.com/t6214-o-alpiste-e-suas-propriedades
=============================================

PARTES
USADAS: Sementes
ORIGEM DO PRODUTO: Importado do Canadá
DESCRIÇÃO: Alpiste
(Phalaris canariensis) pertence à família Poaceae e gênero Phalaris.
Morfologicamente apresentam folhas longas e finas, normalmente são herbáceas
silvestres e suas hastes são ocas. Normalmente são utilizadas as sementes, porém
podem ser utilizados os frutos também.
INDICAÇÃO: Para humanos a indicação
mais comum do alpiste é para terapia de diurese, mas também é indicado para quem
precisa ou quer emagrecer, sempre associada a uma dieta balanceada.

É um
grão muito rico em fibras, o que facilita o trânsito intestinal e auxilia o
organismo na eliminação de toxinas ingeridas e absorvidas durante as
refeições.

É também indicado para quem tem diabetes, pois suas
propriedades também incluem aliviar ou sanar edemas e tratar a retenção de
líquidos.

Alguns estudos ainda trazem informações que o alpiste pode
ajudar no controle da pressão arterial.

MODO DE USAR: Há muitas maneiras
de se ingerir este grão: em forma de chá, ou incrementando uma massa de pão com
seus grãos, ou ainda depositar os grãos em uma salada, ou fazer uma espécie de
farinha de alpiste e utilizá-la em sucos, sopas ou onde desejar.
CHÁ –
Coloque 1 colher de sopa de erva para meio litro de água, ferver por 5 minutos,
desligue.

Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10
minutos.

Em seguida, é só coar e
beber.

=============================================
Fonte: http://www.chaecia.com.br
=============================================

Emagreça
com saúde com remédio natural para emagrecer leite de alpiste
Muitas pessoas
sofrem com aquelas gordurinhas acumuladas e não sabem o que fazer, tem vergonha
de ir a academias e se empanturram de remédios mas nada da certo.

Que tal
um remédio simples de fazer e ainda por cima
natural?

Aposto que não conhecem o remédio natural para
emagrecer leite de alpiste, é muito fácil a preparação e vou ensinar.

O
que preciso para fazer o remédio natural para emagrecer leite de
alpiste:

Os ingredientes são muito fácil você precisa de alpiste e
água.

Modo de preparo:

* Você deve deixar o 7 colheres
de alpiste dentro de um recipiente com 1 litro de água de molho na geladeira por
24 horas, após esse período deve se jogar aquela água suja fora e voltar a por
mais 1 litro de água limpa.

* Bater no liquidificador por 5 minutos, e
após coar com uma peneirinha extra fina para coar bem, conservar sempre na
geladeira.

A pergunta agora deve ser como devo consumir o
remédio natural para emagrecer com leite de alpiste:

* Deve tomar 1
copo, uma hora pelo menos antes de cada refeição, não se esqueça de evitar
carboidratos durante a noite.

* Esse esse remédio para emagrecer natural,
leite de alpiste é excelente para pessoas portadoras de diabetes e
colesterol.

* Pessoas diabéticas devem beber após as refeições, mas para
quem quer emagrecer pode perder até 3 kg em menos de 1 mês.

* Esse
remédio é eficaz e já esta ajudando a muita gente, e com outros benefícios para
sua saúde exemplo: intestino preso nunca mais!

Entre outros
benefícios, emagreça
já.

=============================================
Fonte: http://www.tudonovo.org/remedio-para-emagrecer-natural-leite-de-alpiste/
=============================================

“Grande
é a poesia, a bondade e as danças. Mas o melhor do mundo são as crianças.”
Fernando Pessoa

“ERA UMA VEZ… UM SONHO…
…o sonho de manter
acesa a chama vibrante, intensa e colorida da infância. Um tempo marcado pelo
encantamento da atmosférica onírica que rege a primeira e mais importante fase
de nossas vidas.Uma época singular,rica pessoal e
intransferível…”

“Pedagogia do Amor”
Gabriel Chalita

Como
criar um Boneco Ecológico
Tava por ai quando lembrei dos famosos bonecos
ecológicos, (existia bastante deles na minha infância) uma atividade que integra
o fenômeno da Vida de forma divertida!
Nesses bonecos, podemos observar o
crescimento das plantas. Os bonecos ainda auxiliam no estudo dos seres com vida
e sem vida.
Feitos de meia calça contém terra e sementes de alpista dentro.
Por fora, os bonecos podem ser enfeitados e caracterizados com olhos, nariz,
boca e orelhas criando fisionomias diferentes.

Material Necessário:

– 3/4 meia calça
– 100 gr de alpiste ou painço
– 300 gr de
serragem
– 01 tubo de cola
– 01 tesoura sem ponta
– Enfeites para
seu boneco ecológico

Como fazer:

1°passo:
Misture o
alpiste com um pouco de serragem, para começar a encher a meia até onde você
quiser que nasça o cabelo do boneco.

2° passo:
Preencher o
restante da meia com serragem pura.
Ao terminar, amarre e corte o que sobrar
da meia.

3º Passo:
Faça a modelagem em forma de bola e monte o
boneco;

4º Passo:
Use a sua imaginação, criando diferentes tipos
de bocas, olhos e detalhes;

Depois, basta molhar o boneco uma vez
por dia e somente na região da cabeça, para acompanhar o crescimento do “cabelo
verde”, ai você corta e espera crescer de novo,

Pura
diversão!!!

=============================================
http://www.lamentavell.com.br/
=============================================

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Hum, não sei não. Andei pesquisando isto e não vi nada que comprove o que está escrito. Talvez o autor tenha se "empolgado" ao escrever sobre as propriedades do alpiste em relação a alguns dos resultados descritos, mas não pode escrever absurdos tais como um copo de leite de alpiste tem mais proteínas que três quilos de carne e que o açucar mata as enzimas, uma vez que enzimas são catalizadores e não são seres vivos e sim trabalham em seres vivos.