ANSIEDADE. APRENDA A TRATAR COM REIKI.

A ansiedade é muitas das vezes a causa de muitas enfermidades da mente e do espírito. Que por sua vez, caso seja um estado continuo, pode causar outras patologias mais graves. Tais como, depressão e todas as patologias a ela associadas. A ansiedade é algo exclusivo do ser humano, pois é resultante de um tipo especifico de medos. O ser humano tem a capacidade de sentir um tipo de medo muito diferente dos restantes dos seres vivos do Planeta. A sua grande peculiaridade é que esse tipo de medo não tem nada a ver com qualquer perigo real ou objetivo imediato. Esse medo carateriza-se por poder ser resultante de algo que pode vir a acontecer ou algo que já aconteceu e que pode vir a acontecer novamente. Apesar desses medos não se referirem a algo que está acontecendo no momento presente, as consequências desses medos são sentidas no “aqui e agora”. Isto porque, a nossa mente gera processos de raciocínio mental que antecipam possíveis realidades futuras ou repetições de realidades passadas.

O que é a ansiedade?

Pense  na ansiedade como o resultado de uma descoordenação entre a  nossa racionalidade, emoções e sensações físicas, na gestão dos nossos medos.  É importante ter a consciência que sentir medo é algo perfeitamente natural no ser humano. Pois o medo é o que faz o ser humano sobreviver uma vez que obriga-o a ser prudente e a calcular o risco inerente às situações com que lida. Essa descoordenação entre a racionalidade, emoções e sensações físicas, interferem diretamente com esse processo de calculo do risco. Impedindo que se chegue a um resultado ou a uma resolução mental e emocional.  Esse fato causa uma enorme sensação de incapacidade e descontrolo e por fim a ansiedade. Para que todo esse processo seja concluído com sucesso devemos ser capazes de organizar esses elementos em perfeita harmonia.

Quais  as consequências?

Ao não conseguirmos essa harmonia, não somos capazes de viver o presente, passamos a viver fragmentados com as nossas emoções, a nossa mente e corpo, a vivemos esses medos de forma desarmoniosa. A nossa percepção da realidade é dividida, dispersa e distorcida, a ansiedade instala-se.

A mente da pessoa ansiosa, passa a ter vida própria vida, separada do corpo e da realidade objetiva. A mente ansiosa tende a focar-se em demasia em evitar os perigos futuros. Este estado de permanente ansiedade, pode ser suportado sem que o identifiquemos como sendo um problema, durante bastante tempo. Até mesmo durante vários anos. Só damos  conta desse processo quando começam a nos causar patologias mais graves.

Poderemos passar a praticar a  “esquiva experiencial”. A esquiva experiencial ocorre quando uma pessoa não quer ficar em contato com certas experiências (sensações corporais, emoções, pensamentos, memórias …).

A pessoa receia sentir esse descontrole e medo generalizado. Essa esquiva de experiência não lhes permite ficar em contato com certas experiências e altera a forma de lidar com as mesmas, resolvendo-as em suas mentes. Isto contribui para o desenvolvimento e manutenção de transtornos de ansiedade. Tais esforços para evitar essas experiências levam diretamente ao oposto. Pode a agravar a situação  e levar a pessoa a sentir-se ainda mais fora de controle. Assim, as pessoas com um padrão de esquiva experiencial são muito mais propensos a desenvolver mais medo. São mais propensas a sofrer de transtornos, fobias específicas e pós-traumáticas, transtorno de stress.

Quais são os sintomas de ansiedade?

As principais características de uma pessoa que sofre de ansiedade são:

  •  Esquiva comportamental ou experimental (como explicado acima).
  •  Rigidez cognitiva (de forma consistente tendem a pensar sempre da mesma forma e não vêm alternativas, que possam resolver uma situação).
  • Tem sempre as mesmas respostas (reagem às situações sempre da mesma forma).

Como pode o Reiki ajudar a resolver problemas de ansiedade?

Para que isso aconteça, terá que haver uma harmonização  de todas as componentes do processo de gestão dos nossos medos através de mudanças, nomeadamente:

  • Expandir a consciência das nossas experiências e compreensão das nossas respostas emocionais.
  • Proporcionar uma mudança radical da nossa atitude perante a vida. Deixando de ter uma atitude muito crítica e de controle, passando a ter uma atitude amorosa, compassiva e sem julgamento de nós mesmos e dos outros.
  • Melhorar a nossa qualidade de vida em geral, proporcionando uma  flexibilidade cognitiva, permanente em nossa vida.

O que o Reiki vai fazer é juntar peças separadas e isoladas e integra-las na nossa consciência. Proporcionando uma percepção clara de todos os nossos processos internos. Ampliando a visão de nós mesmos tomando consciência profunda do que acontece na nossa mente e suas consequências. Descobrindo causas e proporcionando soluções. Todas estas melhorias vão certamente diminuir os seus níveis de ansiedade.

Aprenda a técnica Reiki para o ajudar a superar a ansiedade e os medos:

  1. Inicie o fluxo de energia Reiki fazendo o Hatsurei Ho;
  2. Respire profundamente e concentre-se somente na sua respiração durante dois minutos;
  3. Desenhe com o dedo o símbolo de poder Cho Ku Rei e da cura mental Sei He Ki nas suas palmas das mãos três vezes, enquanto repete os seus nomes por cada vez que desenha cada símbolo;
  4. Deixe a energia fluir e direcione através das suas palmas das mãos para todos os sete chakras (seus ou do seu paciente);
  5. Visualize-se (ou a si e ao seu paciente) envolvido pela luz branca em espiral desde o seu chakra da Coroa até aos pés;
  6. Desenhe o símbolo  Hon Sha Ze Sho Nen no ar e invoque o Arcanjo Miguel para abençoá-lo com coragem para libertar-se da escravidão dos seus medos;
  7. Formule intenções para que todo este processo o ajude a cortar amarras emocionais com os próprios medos e as situações que os causam ;
  8. Para finalizar desenhe à sua frente um Cho Ku Rei no ar e agradeça ao universo.

Repita este procedimento diariamente durante duas semanas. Durante este período irá lentamente aperceber-se das enormes mudanças que irão acontecer.

Muita Luz,

Edgar Martins

Fonte: http://vidalusa.eu

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!