Consentimento e cura de energia à distância Parte 2

Em um estado de Ser, você é a pureza de uma luz bonita e radiante. Você é o sol.

O sol não pede permissão para brilhar, apenas brilha e, no entanto, as pessoas se afastam do sol. Alguns gostam de ficar ao sol o dia todo, outros querem sentar-se ao sol durante o horário de almoço, enquanto outros ficam dentro de casa desfrutando de sua luz natural. Cada pessoa tira do sol o que precisa, não o que o sol pensa que deveria ter.

Ou você pode pensar nisso como uma fogueira de acampamento. Uma fogueira de acampamento apenas queima e irradia calor. As pessoas ao redor tiram desse calor de acordo com o que sentem essa necessidade. Alguns querem se sentar perto do fogo, enquanto outros se sentam um pouco mais longe, e outros ainda não querem estar perto do fogo. As pessoas tiram do fogo o que precisam, o fogo não decide isso.

O sol e o fogo estão sem julgamento; eles apenas brilham.

Se, como praticante de Reiki, você também pode reconhecer esse estado de espírito – apenas sendo a energia sem julgamento -, tudo o que você precisa fazer é definir sua intenção de que a pessoa, as pessoas ou o local recebam tudo o que precisam. É isso. Não havendo permissão de uma pessoa com depressão por exemplo, um familiar que mora com essa pessoa pode pedir o envio para o ambiente, já enviei Reiki para o gatinho de uma pessoa com depressão usando o como uma ponte para que o necessitado estivesse rodeado de luz conforme sua necessidade. Lembrando que o a energia do Reiki é uma energia inteligente. Muitas vezes estou próximo de pessoas e minha mão começa a queimar, pulsar..enviando energia Reiki, não sei para quem, mas fico feliz em ser um canal.

Ou seja, ao definir essa intenção, não há necessidade de pedir permissão, porque, como praticante, você está apenas brilhando sua luz e a pessoa, pessoas ou lugar toma em conformidade.

Os símbolos e mantras ensinados no nível II de Okuden do sistema de Reiki ajudarão você a estar neste espaço aberto e interconectado. Eles estão lá para você, como profissional, lembrar-se desse estado de espírito, não para o seu cliente. Quanto mais você se lembrar dessa interconectividade, mais profunda será a conexão com a energia espiritual e com seu cliente; finalmente, levando você a um estado de unidade.

MAS, se você tentar manipular a energia de uma pessoa ou pessoas, entretendo certos julgamentos, estará realizando algo bem diferente do descrito acima. Nesse caso, você está tentando ativamente mudar algo sobre outra pessoa e, portanto, a pessoa precisa saber o que está acontecendo. De fato, você está forçando algo sobre a pessoa e, se ela não está ciente disso, isso não é uma conexão energética saudável. Assim que você começa a fazer julgamentos sobre o que uma pessoa precisa receber, você está tentando curar, em vez de permitir que a cura ocorra. A cura pessoal profunda vem de um lugar de não julgamento e total abertura.

Tudo e todos já estão interconectados. Tudo o que precisamos fazer é lembrar disso.

Quando vemos a vida humana apenas em termos de tempo comum, onde tudo é cortado em pedaços separados, nossos olhos não estão abertos para ver a vida em termos de tempo universal, onde estamos interconectados e interpenetrados com todos os seres sencientes.

Muita Luz,

Edgar Martins

Fonte: https://ihreiki.com/blog/distance_healing_-_permission_or_no_permission/?v=19d3326f3137

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!