Missoshiru e seus benefícios


“Missoshiru significa sopa de missô (massa de soja). Ele é um acompanhamento indispensável nas refeições japonesas. No Japão, os ingredientes podem variar de acordo com a região e as estações do ano. 
Por exemplo, no verão, usa-se um missô mais picante e durante o inverno usa-se ingredientes mais encorpados (utilização de carnes). Mas a versão tradicional onde pode ser vista em todas as regiões do Japão é a que contém tofu e algas marinhas. 
No Brasil, o missô foi introduzido por imigrantes Japaneses por volta de 1914. Atualmente é produzido com a mais moderna tecnologia pela Sakura, onde as características e propriedades da soja são mantidas através de um processo de fermentação natural que leva de 2 a 3 meses para completar seu ciclo. 
O missô com seus grãos de soja, possui características benéficas à saúde, como: 
• Prevenir doenças cardíacas 
• Ajudar a controlar os níveis de colesterol 
• Reduzir o risco de câncer de mama e estômago 
• Atuar na reposição hormonal feminina (menopausa e seus sintomas). 
• Combater radicais livres, o stress e a fadiga. 
Não é necessário utilizar a colher para apreciar o missoshiru. 
Beba o caldo diretamente na tigela e o conteúdo coma com o ohashi. O missoshiru tomado aos poucos, durante a refeição, realça o sabor do prato e, no final neutraliza o paladar. 
Essa receita é a básica, q todos devem saber preparar pq é base da refeição japonesa, juntamente c o arroz. 
2 col (sopa) de cebolinha picada 
2 col (sopa) de missô 
1 fatia de Tofu (queijo de soja) em cubinhos 
1 envelope de Hondashi 
1 litro de água 
Ferver a água com o Hondashi, acrescentar o missô. Quando levantar nova fervura, juntar o Tofu, a cebolinha e desligar o fogo. Servir a seguir. 
Dicas: 
Servir como entrada ou acompanhamento de comidas japonesas. No lugar do Tofu, pode-se usar vôngole, cozinhando-os bem. O missô pode ser acrescentado na água que o vôngole está sendo cozido; neste caso, o Hondashi será opcional. Pode-se ainda usar verduras cortadas fininhas no lugar do Tofu, como acelga, repolho e berinjela; será necessário colocá-las antes de adicionar o missô, pois necessitam ser cozidos. Pode-se ainda dar um toque diferente colocando-se 1 ovo, previamente batido, quando levantar a fervura após o acréscimo do missô e ir mexendo até o ovo ficar cozido. Verá que irá formar fiozinhos e dará um sabor diferenciado ao seu missoshiru.

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!