ORIXÁ OXALÁ: O CRIADOR DO MUNDO E DOS SERES HUMANOS

O Orixá Oxalá detém o poder genitor masculino. Ele foi designado a criar o mundo, os seres humanos e as coisas que existiriam na terra. Todas as representações do Orixá Oxalá possuem o branco como cor principal. Ele pode ser incorporado de duas formas: Oxaguiã, um guerreiro jovem e Oxalufã, um velho apoiado em um bastão de prata .

CARACTERÍSTICAS DE OXALÁ

Os símbolos e cores das incorporações de Oxalá são diferentes. Os símbolos de Oxaguiã, o jovem guerreiro, são uma “mão de pilão”, uma idá (espada) e um escudo. Enquanto isso, o símbolo de Oxalufã é o cajado de metal, conhecido pelo nome Apaxoró. A cor de Oxalufã é o branco e as cores de Oxaguiã são branco com leve mescla de azul. Para saudar o Orixá Oxalá podem ser usados: “ÊPA BÀBÁ!” ou “OXALÁ BÀBÁ. O dia consagrado para Oxaguiã e Oxalufã é a sexta-feira.

O orixá Oxalá simboliza a paz, ele é calmo, sereno e muito respeitado por todos os orixás. As pessoas que possuem Oxalá como pai de cabeça costumam ser reservadas, tranquilas e confiantes. Elas carregam seus ideais e valores até o fim, mesmo que sejam contestadas ou descreditadas. Se preocupam com a ordem, organização e limpeza dos lugares.

A SINCRETIZAÇÃO DE OXALÁ COM JESUS CRISTO

O Orixá Oxalá tem sincretismo com Jesus Cristo ou, na Bahia, com o Senhor do Bonfim. Acredita-se que isso aconteceu devido à fatores históricos. Quando os africanos chegaram ao Brasil como escravos, foi imposto a eles se converter à religião católica. Como forma de resistência, os africanos associaram a imagem de Jesus Cristo ao Orixá Oxalá. As datas festivas de Oxalá e Jesus Cristo também se convergem em 25 de dezembro. Assim como Oxalá, diversos orixás eram representados por santos católicos para os africanos. Essa era uma maneira de manter o culto sem haver  repressão. Hoje, as imagens dos santos se confundem com as dos orixás.

O Orixá Oxalá pode ser encontrado nas seguintes forma no sincretismo religioso: Oxalá, como Jesus Cristo; Oxalufã, como Jesus no Monte das Oliveiras; Oxaguiã, como o Menino Jesus de Praga.

O CULTO A OXALÁ

Aqueles que desejam cultuar o Orixá Oxalá devem separar as sextas-feiras. O ideal é que se vistam de branco e não comam carne, principalmente a vermelha. Este também é um dia muito propício para tomar um banho de alecrim da cabeça aos pés, para energizar. Alecrim, boldo e manjericão são ervas sagradas de Oxalá.

CONHEÇA A CURA XAMÂNICA DOS ORIXÁS

Fizemos recentemente uma forte conexão com as energias de Ogum e agora faremos a conexão e meditação com mais 6 Orixás.

Oxalá – Fé Divina, o Grande Pai, Gerador, o Sol;

Iemanjá – A Grande Mãe Cósmica, Geradora, Purificação, o Mar;

Iansã – Força, Agilidade, Ventos e Tempestades;

Oxum – Beleza, Doçura, Calor e Amor da Mãe, Rio, Cascatas e Cachoeiras;

Xangô – Justiça Divina, Equilíbrio, Força Devastadora, Pedreiras e Raio;

Oxóssi – O Caçador Divino, Conhecimento, Fatura, Prosperidade, Fauna;

Esse é aquele evento que você vai querer participar na sua vida, sendo um oportunidade única.

Vai resgatar seu centelha divina, plenitude e conexão com as forças puras e divinas da natureza.

Você vai chorar… Rir… Sentir uma Força Única… Compreender a Justiça Divina.. o Amor Divino.. quer saber mais me mande um e-mail no aluno@escolaflordavida.com , que lhe envio a conexão com Ogum de maneira inteiramente Gratuita.

Muita Luz,

Edgar Martins

Fonte:
http://www.wemystic.com.br/artigos/oxala-umbanda-orixa/

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!