Por Dentro do Cérebro: Tudo que você precisa saber sobre a Glândula Pineal Parte 2

A Glândula Pineal e os Cristais de Apatita

Pesquisas comprovaram que a pineal forma cristais de apatita nos espaços intercelulares da pineal, também conhecido como areia cerebral ou corpo arenáceo”

Presença de Cristais de Apatita na Glandula Pineal

Presença de Cristais de Apatita na Glandula Pineal

Por meio de pesquisas, foi constatado que não existe um padrão nas pessoas em relação a quantidade de cristais na Pineal, e que as pessoas que possuem muitos desses cristais apresentam maior facilidade para seqüestrar campos eletromagnéticos.

Como diz Dr Sérgio, essas pessoas “tem mais facilidade de incorporar ao seu campo as informações do mundo mental de outrem”. Isso ocorre, pois estes cristais de apatita vibram de acordo com as ondas eletromagnéticas que captam.

Este fato é interessante, uma vez que sem os cristais não seria possível produzir relógios, computadores, Telefones sem fio, telefones celulares, instrumentos de medida de diversos tipos, walk-talkies, televisores em cores, videocassetes, DVDs e muitos outros materiais.

Cristal de Apatita encontrado na natureza.

Cristal de Apatita encontrado na natureza.

A função dos cristais (nestes casos, de quartzo) nestes produtos é estabilizar, definir e interagir com freqüências eletromagnéticas. Exatamente como sugere as pesquisas em relação a atuação da glândula pineal em nosso cérebro.

Em nosso corpo, os cristais de apatita desempenham papel importante também na formação dos dentes e ossos. E sua constituição química é muito parecida com a constituição dos dentes e dos ossos e, por este motivo é também susceptível a produtos químicos que possam interferir na matriz mineralizante de qualquer parte do organismo humano que contenha esta mesma constituição química.

Esta é a parte preocupante porque com o uso indiscriminado do Flúor, a pineal poderia sofrer danos interferindo em suas diversas funções, principalmente na função referente ao desenvolvimento de nossas habilidades mentais, impossibilitando ou dificultando o salto que os seres humanos precisam dar para sua evolução.

 A Glândula Pineal e a Nova Era           

O chamado “despertar de consciências” está intimamente ligado a Glândula Pineal. Afinal, a forma como recebemos e interpretamos esta nova consciência é justamente por meio das frequências e vibrações eletromagnéticas emitidas pelos sóis, astros e energias que a ciência não consegue explicar. É sabido que os buracos negros localizados no centro das galáxias são os principais emissores de radiação eletromagnética, e que essas freqüência é também emitida pelos fótons nos sóis de cada galáxia.

E está justamente nestas radiações do universo o entendimento do real significado do termo “Nova Era”, ou, como diriam os Maias, de um Novo Ciclo. Este termo, em essência, se refere ao início de um novo tipo de freqüência que estamos recebendo do universo.

Todas essas informações do universo são captadas e interpretadas por este “processador quântico” que é a Glândula Pineal.  Portanto, mesmo que a pessoa esteja preparada espiritualmente é preciso que sua Glândula Pineal esteja saudável. Para exemplificar, seria como querer fazer o carro funcionar com um motor completamente sujo e comprometido.

Com o desenvolvimento da pineal por meio da meditação, alimentação e o cultivo de vibrações superiores como do amor no dia-a-dia, é possível experienciar uma verdadeira integração entre corpo, mente e espírito, por meio da sintonização da Consciência Cósmica. Além de contribuir para uma melhor compreensão dos chamados “fenômenos paranormais”, como clarividência, telepatia e a mediunidade.

É urgente compreendermos a atuação da Glândula Pineal em nossas vidas e, consequentemente, os fenômenos mentais, energéticos e espirituais que constituem a nossa realidade humana.

Em um próximo post, irei abordar as fontes de toxidades da glândula Pineal em nosso cotidiano (que são muitas, inclusive na água que bebemos), e como é possível recuperar, purificar e preservar as estruturas desta estrutura tão importante para a nossa saúde física, mental e espiritual.

 

Muita Luz,

Edgar Martins

Fonte: FABIANO PORTO

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!