A Profecia Celestina – parte III de IV Jornada Espiritual

proposito

Os seres humanos nascem em suas situações históricas e descobrem alguma coisa para acreditar. Eles formam uma união com outro ser humano que também descobriu um propósito. Os filhos nascidos desta união reconciliam então estas duas posições, buscando uma síntese mais elevada, orientado pelas coincidências. Quando nos enchemos de energia, ocorre uma coincidência que nos faz progredir em nossas vidas. Nossos filhos adquirem nosso nível de vibração e o elevam ainda mais alto. Esta é a maneira como nós humanos continuamos a evolução. E, para acelerar este processo de evolução devemos agir conscientemente. Assim que isto acontece, que tomamos consciência das questões ativas no momento, temos algum tipo de intuição sobre o que fazer. O problema na vida não está em receber respostas, está em identificar as questões presentes. Assim que formularmos as perguntas certas, as respostas virão.

filtro-dos-sonhos-222-705x396

A sétima visão trata do processo de se desenvolver coincidentemente, estar alerta para qualquer coincidência, para toda resposta que o universo nos dá. Fala como os objetos saltam para nós e como certos pensamentos surgem como um guia. Fala também de sonhos e compara estes com a história de nossa vida. Os sonhos vem nos dizer alguma coisa sobre nossa vida que nos faz falta. Esta visão diz que, não só os sonhos nos orientam, como nossos pensamentos e devaneios. Nos mostram uma cena, um fato, e isto significa que eles podem acontecer. Se estivermos atentos, estaremos prontos para esta virada em nossa vida. Temos pensamentos que nos dizem algo. Para reconhecê-los, temos de nos colocar numa posição de observador. Quando nos vem um pensamento devemos nos perguntar o por quê deste pensamento vir agora. Qual a relação dele com as questões de nossa vida. A adoção desta posição de observador ajuda a nos livrar da necessidade de controlar tudo. Nos põe na corrente evolutiva. As imagens de medo devem ser detidas assim que aparecem. Então outra imagem, de bom resultado, deve ser imposta pela vontade do pensamento.

artigo_73188

Em breve as negativas não acontecerão mais. Nossas intuições serão sobre coisas positivas. Quando as negativas chegarem devem ser tratadas com seriedade e não serem seguidas. Nosso corpo vibra num determinado nível. Se deixamos nossa energia baixar demais, o corpo sofre. Esta é a relação entre estresse e doença. É pelo amor que mantemos nossa vibração alta, ela nos mantém saudáveis. Para captar a sétima visão devemos atrair todas as visões num único modo de ser. Devemos ver o mundo como um lugar misterioso do qual, temos tudo o que precisamos, se nos esclarecermos e encontrar o caminho. Devemos ficar atentos para qualquer pensamento ou sonho, a intuição para podermos evoluir. Devemos acumular energia e nos concentrarmos em nossas situações, nas perguntas que temos, e então receberemos alguma forma de orientação intuitiva, uma idéia de onde ir e o que fazer, e então as coincidências ocorrem para permitir que sigamos nossa direção. Toda vez que estas coincidências nos levam a alguma coisa nova, crescemos, nos tornamos mais plenos, existindo uma vibração interior. Todas as respostas que nos chegam misteriosamente, na verdade, vêm de outras pessoas.

191081

A sétima visão acontece quando vemos nossas perguntas enquanto elas surgem. Ela intensifica a experiência do dia-a-dia. Todo o acontecimento tem uma mensagem que diz respeito às nossas perguntas. O desafio é encontrar o lado bom de cada acontecimento. A oitava visão fala de como devemos tratar as outras pessoas para que as mensagens sejam partilhadas. Ela adverte contra a interrupção do nosso crescimento. Isso ocorre quando nos viciamos em outra pessoa. Ela explica como podemos ajudar os outros enquanto eles nos trazem as respostas que buscamos. Descreve uma nova ética para governar a maneira de os humanos tratarem uns aos outros. Para que não aconteça um vício, ela ensina como devemos projetar energia uns nos outros. É um uso da energia de um modo diferente. À princípio com as crianças, que, para aprender a evoluir precisam da nossa energia numa base constante. Por isso é preciso dar muita atenção a elas. A idéia de vício explica a luta pelo poder na maioria dos relacionamentos. É o que fazem a felicidade e a euforia do amor acabarem, se transformando em conflito.

se-apaixonar

Quando se apaixonam, dois indivíduos estão dando energia um ao outro inconscientemente, e se sentem flutuantes e eufóricos. Infelizmente, como eles esperam que os sentimentos venham do outro, se desligam da energia universal e começam cada vez mais a contar com a energia da outra pessoa, só que agora parece não haver energia bastante. Então deixam de dar energia um ao outro e recaem em seus dramas, numa tentativa de controlar e puxar a energia do outro para si. Então o relacionamento se degenera na luta pelo poder habitual. Se nos ligarmos a uma fonte de energia humana, bloquearemos o fornecimento espiritual. Segundo a oitava visão, quando começamos a evoluir pela primeira vez, passamos automaticamente a receber nossa energia sexual oposta. Vem naturalmente da energia universal. Mas temos de ter cuidado, pois se alguém nos fornece esta energia, podemos nos desligar da fonte universal e regredir.

dia-dos-namorados

Neste momento somos metade, semelhante a letra C e a outra pessoa também. Assim, completando o círculo nos sentimos eufóricos e ao mesmo tempo dependentes. Ai os problemas começam a surgir. Primeiro temos de fechar o círculo por nós mesmos. Temos de estabilizar nosso canal com o universo para encontrarmos um relacionamento mais elevado. É preciso projetar conscientemente energia nos outros. A maneira como abordamos outras pessoas, determina a rapidez com que evoluímos e a rapidez com que nossas perguntas sobre a vida são respondidas. Encontros casuais não existem. Quando alguém cruza nosso caminho, tem uma mensagem para nós. Temos de compreender o que elas nos trazem. Assim que os seres humanos captarem esta realidade, nossa interação será mais rápida e se tornará mais objetiva e deliberada. Para obter energia devemos apreciar um objeto até que ele penetre em nós para sentirmos amor. Então poderemos mandar energia de volta.

expansao-403x310

O primeiro passo é manter nosso fluxo de energia alto para depois podermos iniciar o fluxo de energia que vem para nós mesmos e da outra pessoa. Quanto mais apreciarmos sua beleza, mais energia penetra nela e flui para nós. Isto é diferente da co-dependência. Ela se inicia assim, mas logo se torna controladora porque o vício nos isola da fonte e a energia se esgota. A verdadeira projeção de energia não tem ligações nem interações pessoais. O manuscrito diz que se não aceitamos o drama de controle do outro, ele se anula. Uma pessoa não pode representar um drama de controle conosco a não ser que o aceitamos. Para ser encenado, todo drama precisa de um drama igual. O que um intimidador precisa para conseguir energia é de um coitadinho de mim ou de outro intimidador. Todos os dramas são estratégias secretas para conseguir energia. Quando trazemos à consciência, as manipulações secretas não sobrevivem. A verdade maior sobre o que é dito numa conversa sempre prevalece, depois disso, a pessoa tende a ser mais verdadeira e honesta. Devemos mandar muita energia a ela, afim de que ela consiga senti-la. Ai será mais fácil para que ela abandone sua forma de manipular para obtê-la. O universo é energia. Energia que responde as nossas expectativas.

intuicao

As pessoas também fazem parte desse universo de energia, portanto, quando temos uma pergunta, as pessoas são quem nos trazem as respostas. Todo mundo que cruza nosso caminho tem uma mensagem para nós e estão aqui por algum motivo. O manuscrito diz que vamos aprender que de repente o contato espontâneo do olhar é um sinal para que duas pessoas conversem. O senso de reconhecimento pode ser visto quando vemos alguém que nos parece conhecido, mesmo que nunca o tenhamos visto antes. Somos membros do mesmo grupo mental que certas pessoas, os quais, reconhecemos intuitivamente. Quando a gente observa uma pessoa num nível mais profundo, pode ver o eu mais honesto por trás de qualquer fachada que ele tente exibir. Ai podemos perceber o que ela está pensando com uma expressão mais sutil no rosto. E, se ficarmos atento com quem conversamos, conseguiremos as respostas que desejamos.

Fonte : Resumo do Livro A Profecia Celestina de James Redfield

images

Logo Escola Flor da Vida II cópia

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Mary Cristóvão.. disse:

    Gratidão por todos os conteúdos…
    Luz e Amor..