Seu chakra da garganta está fora de equilíbrio?

É importante saber quando estamos desequilibrados, para que possamos trabalhar para corrigi-lo. Quanto mais demoramos a perceber os sinais, mais longo o processo de cura. Isso exige que você gaste mais tempo regularmente, certificando-se de apoiar seus centros de energia.

O chakra da garganta significa pureza. Este centro de energia governa a fala e a comunicação. Ele está localizado no espaço da garganta e sua cor é azul, o que incentiva a comunicação pacífica. O chakra da garganta está relacionado ao elemento do som. Pela garganta, a vibração sonora pode ser sentida não apenas em nossos ouvidos, mas também em todo o nosso corpo. É um importante instrumento de comunicação e expressão.

“Seu corpo é um corpo que escuta”

Aqui estão cinco maneiras físicas de saber se o seu chakra da garganta está desequilibrado

  1. Dor de garganta continuada
  2. dor no pescoço
  3. Dores de cabeça
  4. Rouquidão
  5. problemas de tireóide

Aqui estão cinco maneiras emocionais para saber se seu chakra da garganta está desequilibrado

  1. Timidez
  2. Ansiedade social
  3. Teimosia
  4. Sentimentos de desapego
  5. Agitação emocional

Cinco maneiras de equilibrar o chakra da garganta

  1. Visualize uma forte luz azul ao redor do seu chakra da garganta
  2. Solte seus medos
  3. Confie no seu verdadeiro eu superior
  4. Confie na sua voz interior e
  5. Tenha fé em sua crença no universo

Todo e qualquer chakra desempenha um papel importante em nosso bem-estar geral. Meu objetivo é que chamar sua atenção para os chakras e simplificando-os, você possa começar a reconhecer os sinais se estiver desequilibrado. Como obter equilíbrio e recuperar o equilíbrio? Uma da práticas que recomendamos é a do Ho’ponopono Quântico, assista abaixo e conheça mais sobre essa técnica.

Muita Luz,

Edgar Martins

Fonte: https://www.lisashealingineverything.com/single-post/2018/03/01/Is-your-Throat-Chakra-out-of-BALANCE

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!